Dicas de Segurança para Encontros

Conhecer pessoas novas é emocionante, mas deve ter sempre cuidado ao interagir com desconhecidos. Use o seu bom senso e ponha a sua segurança em primeiro lugar, quer esteja a trocar mensagens iniciais ou a encontrar-se pessoalmente com alguém. Apesar de não poder controlar as ações dos outros, há certas coisas que pode fazer para permanecer a salvo durante a sua experiência no Tinder.

Segurança Online

  • Nunca envie dinheiro nem partilhe informações financeiras

    Nunca envie dinheiro, especialmente através de transferência bancária, mesmo que a pessoa alegue estar numa situação de emergência. Fazer uma transferência bancária é como enviar dinheiro — é quase impossível anular a transação ou localizar o destino do dinheiro. Nunca partilhe informações que possam ser utilizadas para aceder às suas contas financeiras. Se outro utilizador lhe pedir dinheiro, denuncie-o imediatamente à nossa equipa.

    Para obter dicas sobre como evitar fraudes (scams) de romance, consulte alguns conselhos da Comissão de Comércio Federal dos EUA no seu site.

  • Proteja as suas informações pessoais

    Nunca partilhe informações pessoais com desconhecidos, como o seu número da segurança social, a morada de casa ou do emprego ou pormenores sobre a sua rotina diária (por exemplo, que frequenta um determinado ginásio às segundas-feiras). Se tiver filhos, limite as informações partilhadas sobre eles no seu perfil e em comunicações iniciais. Evite partilhar pormenores como o nome dos seus filhos, a escola que frequentam, a sua idade ou sexo.

  • Permaneça na plataforma

    Mantenha as conversas na plataforma Tinder enquanto conhece alguém. É frequente os utilizadores mal-intencionados tentarem logo desviar a conversa para SMS, aplicações de mensagens, email ou conversas telefónicas.

  • Cuidado com as relações de longa distância ou com alguém que está no estrangeiro

    Esteja atento aos golpistas que dizem ser do seu país, mas que estão presos noutro lugar, especialmente se pedirem ajuda financeira para regressarem a casa. Cuidado com pessoas que não querem encontrar-se pessoalmente, nem falar ao telefone/por chamada de vídeo—podem não ser quem dizem que são. Se alguém estiver a evitar as suas perguntas ou a pressioná-lo para ter uma relação séria sem se encontrar consigo ou sem conhecê-lo primeiro— isso é um sinal de alerta.

  • Denuncie todos os comportamentos suspeitos e ofensivos

    Você sabe quando alguém passou dos limites e quando isso acontecer, nós queremos saber. Bloqueie e denuncie quem violar os nossos termos e condições. Eis alguns exemplos de violações:

    • Pedidos de dinheiro ou donativos
    • Utilizadores menores de idade
    • Assédio, ameaças e mensagens ofensivas
    • Comportamento inadequado ou prejudicial durante ou após encontrar-se pessoalmente com alguém
    • Perfis fraudulentos
    • Spam ou solicitação, incluindo ligações para sites comerciais ou tentativas de venda de produtos ou serviços

    Pode denunciar aqui quaisquer preocupações relativas a comportamentos suspeitos provenientes de alguma página de perfil ou janela de mensagem. Para mais informações, consulte as nossas Regras da Comunidade.

  • Proteja a sua conta

    Garanta que escolhe uma palavra-passe forte e tenha sempre cuidado ao iniciar sessão na sua conta utilizando um computador público ou partilhado. O Tinder nunca vai enviar-lhe emails a pedir informações sobre o seu nome de utilizador e palavra-passe — caso receba um email a pedir informações sobre a sua conta, denuncie-o imediatamente.

Encontrar-se pessoalmente com alguém

  • Não tenha pressa

    Leve o tempo que for preciso e conheça a outra pessoa antes de aceitar encontrar-se ou conversar fora do Tinder. Não receie fazer perguntas para detetar quaisquer sinais de alerta ou fatores decisivos pessoais. Uma chamada telefónica ou de vídeo pode ser uma ferramenta de deteção útil antes de um encontro em pessoa.

  • Encontrar-se em público e permanecer em público

    Nas primeiras vezes, encontrem-se num local ocupado e público — nunca em sua casa, em casa do seu par ou em qualquer outro local privado. Se o seu par exercer pressão para irem até um local privado, termine o encontro.

  • Informe os seus amigos e familiares sobre os seus planos

    Conte os seus planos a um amigo ou familiar, incluindo quando e onde vai. Tenha o telemóvel carregado e sempre consigo.

  • Controle o seu transporte

    Queremos que controle o modo como chega ao encontro e como sai dele, para poder terminá-lo quando desejar. Se não for a conduzir, é boa ideia ter um plano alternativo, como uma aplicação de partilha de viagens ou um amigo que o vá buscar.

  • Conheça os seus limites

    Esteja ciente dos efeitos das drogas ou álcool especificamente em si — podem prejudicar o seu discernimento e a sua atenção. Se o seu par tentar pressioná-lo a consumir drogas ou a beber mais do que costuma, seja firme e termine o encontro.

  • Não deixe bebidas nem objetos pessoais abandonados

    Saiba de onde vem a sua bebida e veja sempre onde ela está —só aceite bebidas vertidas ou servidas diretamente pelo barman ou empregado. Muitas substâncias colocadas em bebidas para propiciar agressões sexuais são inodoras, incolores e insípidas. Além disso, mantenha consigo o seu telefone, mala, carteira e qualquer outro que contenha informações pessoais.

  • Não se sente à vontade? Abandone o encontro

    Não há problema em terminar o encontro se não se sentir à vontade. Na verdade, isso é incentivado. E se o seu instinto lhe disser que há algo de errado ou se não se sentir seguro, peça ajuda ao barman ou ao empregado.

  • LGBTQ+ viagens

    Tenha cuidado ao viajar

    Reconhecemos e acreditamos na importância da inclusão de todas as identidades de género e orientações sexuais, mas a realidade é esta: não há lugar no mundo onde não existam riscos potenciais e alguns países possuem leis específicas que visam as pessoas LGBTQ+.

    Ao viajar para um novo lugar, verifique as suas leis e pesquise quais os tipos de proteção legal que estão disponíveis para si (caso existam), com base na sua orientação sexual. No caso de se encontrar em território inseguro, sugerimos-lhe que desligue a opção "Mostrar-me no Tinder", que pode encontrar na página das definições.

    Se tiver adicionado uma orientação sexual ao seu perfil e decidir mostrá-la no Tinder, vamos escondê-la do seu perfil até que abandone essa área.

    É importante redobrar a cautela, caso decida ligar-se a pessoas novas nestes países - pois sabe-se que certas autoridades utilizam aplicações de encontros como ferramentas para potenciais armadilhas. Recentemente, alguns países também decretaram leis que criminalizam as comunicações entre indivíduos em aplicações de encontros ou sites para pessoas do mesmo sexo e até agravam as sanções caso essa comunicação leve a encontros de cariz sexual.

    Visite ILGA World para consultar as mais recentes leis sobre a orientação sexual por país e considere fazer um donativo para apoiar a sua investigação.

    Fonte: ILGA World, atualizado em março de 2019

Saúde sexual & consentimento

  • Proteja-se

    Utilizados de modo correto e consistente, os preservativos podem reduzir significativamente o risco de contrair e transmitir DST como o VIH. Porém, tenha consciência de que certas DST como o herpes, ou o HPV podem ser transmitidas através do contacto com a pele. O risco de contrair algumas DST pode ser reduzido através da vacinação.

  • Conheça a sua situação

    Nem todas as DST apresentam sintomas e não é recomendável desconhecer a sua própria situação. Mantenha-se a par da sua saúde e previna a propagação de DST fazendo exames regularmente. Pode encontrar uma clínica perto de si nos seguintes locais (apenas nos EUA).

  • Discuta o assunto

    A comunicação é essencial: antes de se envolver fisicamente com um parceiro, falem sobre a saúde sexual e testes de DST. E tenha presente o seguinte — em alguns lugares, transmitir conscientemente uma DST é considerado crime. Precisa de ajuda para começar a conversa? Aqui ficam algumas dicas.

  • Consentimento

    Todas as atividades sexuais devem começar com consentimento e acontecer em consenso entre parceiros. A comunicação verbal pode ajudá-lo a si e ao seu parceiro a garantir que respeitam os limites um do outro. O consentimento pode ser retirado em qualquer altura e o sexo nunca é devido a ninguém. Não avance se o seu parceiro parecer estar desconfortável ou retraído, ou se o seu parceiro não estiver em condições de consentir devido ao efeito de drogas ou álcool. Leia mais sobre este assunto aqui.

Recursos para Ajuda, Apoio ou Conselhos

Lembre-se — mesmo se seguir estas dicas, não existem métodos de redução de riscos que sejam perfeitos. Se tiver uma experiência negativa, saiba que a culpa não é sua e que há ajuda disponível. Denuncie quaisquer incidentes no Tinder e considere entrar em contacto com um dos recursos enumerados abaixo. Se sentir que corre perigo imediato ou precisar de ajuda de emergência, ligue para o 911 (Estados Unidos ou Canadá) ou para a polícia local.

RAINN’s National Sexual Assault Hotline
1-800-656-HOPE (4673) | online.rainn.org | www.rainn.org

Planned Parenthood
1-800-230-7526 | www.plannedparenthood.org

National Domestic Violence Hotline
1-800-799-SAFE (7233) ou 1-800-787-3224 | www.thehotline.org

National Human Trafficking Hotline
1-888-373-7888 ou por SMS para 233733 | www.humantraffickinghotline.org

National Sexual Violence Resource Center
1-877-739-3895 | www.nsvrc.org

National Center for Missing & Exploited Children
1-800-THE-LOST (843-5678) | www.cybertipline.com

Cyber Civil Rights Initiative
1-844-878-2274 | www.cybercivilrights.org

VictimConnect - Crime Victim Resource Center
1-855-4VICTIM (855-484-2846) | www.victimconnect.org

FBI Internet Crime Complaint Center
www.ic3.gov

LGBT National Help Center
1-888-843-4564 | www.glbtnationalhelpcenter.org

Trans Lifeline
1-877-565-8860 (US) or 1-877-330-6366 (CA) | www.translifeline.org

Se reside fora dos EUA:

  • Clique aqui para obter recursos adicionais em muitos dos países onde estamos presentes.
  • Clique aqui para obter informações relativas às leis internacionais de orientação sexual da Intervenção Lésbica, Gay, Bissexual, Trans e Intersexo (ILGA).